Educação de Filhos

Educando Filhos de Fase em Fase

O presente ensinamento traz, aos pais, respostas e orientações de como educar os seus filhos segundo a vontade do Senhor e em cada fase de suas vidas. Normalmente, quando se trata do assunto sobre educação de filhos, são enfatizados assuntos para a primeira fase: a infância. Este ensinamento, então, procura ampliar a visão dos pais, trazendo orientações mais completas de como educar seus filhos também em outras fases da vida, como a pré-adolescência, adolescência, juventude e maioridade.

Ordenou-lhes Moisés, dizendo: Ao fim de cada SETE ANOS, precisamente no ANO DA REMISSÃO, na festa dos tabernáculos, quando todo o Israel vier a comparecer perante o Senhor teu Deus, no lugar que este escolher, lerás ESTA LEI, diante de todo o Israel. Ajuntai o povo, os homens, as mulheres, os MENINOS, e o estrangeiro que está dentro da vossa cidade, para que ouçam e aprendam, e temam ao Senhor vosso Deus, e cuidem de cumprir todas as palavras desta lei; para que SEUS FILHOS, que não souberam, ouçam e aprendam a temer ao Senhor vosso Deus…” (Deuteronômio 31:10-13a).

Nesta passagem de Deuteronômio encontramos a descrição do ciclo espiritual, pelo qual passa o povo de Deus, em períodos de 7 anos. A cada SETE ANOS, no ano da remissão e da festa dos tabernáculos, as Escrituras deveriam ser lidas publicamente a todo o povo, inclusive aos meninos e demais filhos dos hebreus.

O princípio inerente aqui é que a cada SETE ANOS a pessoa humana passa por um período de mudanças que envolve todo o seu ser: espírito, alma e corpo. De 7 em 7 anos é tempo de remissão, de reestruturação, de deixar um nível ou fase de vida para entrar em outro… é tempo de proclamar libertação dos anos passados.

Este princípio também é confirmados pelos psicólogos. Estes afirmam que a formação básica da personalidade de uma criança, que se encontra com um desenvolvimento normal, está completa por volta dos sete anos de idade. Além disso, aprendemos que toda a nossa personalidade sofre profundas mudanças e reestruturações seguindo um CICLO aproximado de SETE em SETE ANOS; ciclo que também ocorre paralelamente ao próprio corpo, como vem estudando a biologia.

Entendemos, então, que aproximadamente aos 7, 14, 21, 28 … anos, surgem mudanças profundos na vida de seus filhos e uma nova fase de reestruturação na personalidade deles se inicia. Por exemplo, aos 7 anos de idade, aproximadamente, seu filho passa da fase de criancinha para se tornar um(a) menino(a).

Aos 14 anos o(a) menino(a) começa a entrar numa nova fase de metamorfose, que representa a adolescência. Ele(a) já não é uma criança. Profundas transformações externas (em seu corpo) e internas (em sua alma e espírito) ocorrem e, agora, ele(a) está se tornando um(a) jovem.

Aos 21 anos de idade, quando normalmente ocorre o final do desenvolvimento físico, começa a fase adulta.

Aos 28 aparecem questões existenciais ainda mais profundas a respeito de valores e razão da existência. Os jovens adultos se preparam para a entrada na maturidade – como exemplo, observamos que Jesus iniciou seu ministério público aos 30 anos de idade. E assim sucessivamente.

Sabedor disso, o nosso Deus e Pai ordenou que a Palavra fosse lida, como um todo (no tempo do Antigo Testamento, conforme a passagem de Deuteronômio, era lido publicamente apenas a Lei), de sete em sete anos. Isso faria com que as crianças nascidas neste intervalo de tempo, e os estrangeiros, tivessem a oportunidade de ouvir os ensinamentos do Senhor. Para aqueles que já A tinham ouvido anteriormente, era uma oportunidade de reforço do aprendizado. Esta leitura propiciava que a personalidade de todas as pessoas fosse formada, estruturada e fundamentada nas VERDADES ouvidas e apreendidas, de fase em fase. Ocorria, assim, a cada sete anos, um tempo de “remissão”, de mudanças e reestruturação; coisas velhas eram deixadas para trás e novas decisões eram tomadas, porém, que fossem fundamentadas na palavra de Deus (a Verdade, a Rocha: “Todo aquele, pois, que ouve estas minhas palavras e as pratica, será comparado a um prudente, que edificou a sua casa sobre a rocha…” Mateus 7:24).

Considerando que o desenvolvimento humano se dá em ciclos de sete em sete anos, vamos aplicar os princípios vistos anteriormente à questão da educação dos filhos. Vamos separar as fases da vida em períodos de SETE em SETE ANOS e expor algumas orientações que ensinam como os pais podem fundamentar a educação de seus filhos nas verdades bíblicas e em cada fase de suas vidas.

As fases que iremos analisar aqui são as seguintes:
0 a 6 anos = bebê e infância
7 a 13 anos = criança e pré-adolescência (Idade da Razão)
14 a 20 anos = adolescência e juventude
21 a 27 anos = maioridade

Estas faixas etárias, ou fases de desenvolvimento, estão de acordo com os ensinamentos bíblicos e são também reconhecidas pelo povo judeu. Para o povo judeu, até os 13 anos de idade dá-se o que é chamado de educação básica, dos 14 aos 20 anos a educação intermediária e de 21 a 27 anos a educação superior.

Esta divisão etária aqui colocada, certamente ajudará muitos pais a perceberem sua responsabilidade no processo educativo de seus filhos. O que se entende é que a responsabilidade e autoridade dos pais para educar seus filhos permanece até o tempo do casamento destes – quando é ordenado ao que se casa: “… largará pai e mãe e se unirá à sua mulher…” -, ou o tempo em que permanecerem sobre o “teto” de sua casa. Mesmo após o casamento permanece um grau de responsabilidade, não tão diretamente, mas as orações, intercessões e diálogo, como a irmãos em Cristo, devem continuar (este, porém, não é assunto para tratarmos aqui).

Nesta mensagem colocamos orientações que abrangem os cuidados físicos, psicológicos e sobrenatural que devem ser observados pelos pais na educação de seus filhos, de FASE em FASE. Por isso, desde já, gostaria de sugerir aos pais que, como complemento a tudo o que veremos aqui, não deixem de acompanhar as Palavras e orientações que têm sido dadas com relação às Escolas do Reino, pois elas também trazem informações importantes para a educação e formação de seus filhos na primeira fase (0 a 6 anos). Sugerimos, ainda, que os pais leiam a literatura “Criação, Educação e Disciplina de Filhos”, escrita por mim; as diretrizes apostólicas dirigidas aos adolescentes e jovens; e, por fim, as “Coletâneas do Jornal Juvenil” que têm sido publicadas nestes últimos anos. Ao manterem-se INFORMADOS, vocês, pais, terão subsídios importantes que o ajudarão no ministério de educação e formação de seus filhos.

“Educar é identificar e desenvolver potenciais” (Rai Barreto)

Estou disponibilizando abaixo o arquivo para download em formato PDF-A4 com a mensagem completa.

Em Cristo,
Rai Barreto
www.RaiBarreto.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *