1. REINO DE DEUS

O uso político da mídia

Uma das área de influência da sociedade é a mídia. Aqui vamos tratar como a mídia tem sido usada por políticos corruptos para amedrontar a população e manipular ideias.

Na ocasião da reedificação dos muros de Jerusalém, sob a liderança de Neemias, três políticos se levantaram em oposição a Neemias: Sambalate (governante de Samaria, ao norte de Judá); Gesém (governador de Amom, a leste de Judá) e Tobias, o árabe (um chefe árabe que dominava o sul de Judá).

O Império Persa dominava toda aquela região, e fazia questão de monitorar de perto e reprimir qualquer sinal de perturbação da ordem ou revolta pública. Sob esse aspecto, a reconstrução dos muros de uma cidade conquistada representava uma ameaça à administração central do império.

Foi neste pano de fundo que os três governantes, Sambalate, Tobias e Gersém, fizeram oposição a Neemias. Esses adversários espalharam certos boatos (“carta aberta”, notícias falsas ou “fake news”) de que os judeus tinham se revoltado contra a Pérsia. A finalidade era atemorizar Neemias (Neemias 6:5-9, 13).

Atualmente a Mídia, os meios de Comunicação, são os maiores disseminadores de medo, assombro e terror na sociedade. Ela comunica o medo e o desespero para nossa cultura. Somos bombardeados o dia inteiro com más notícias. As pessoas preferem ouvir escândalos e o noticiário policial. Elas se deleitam nisso. Como o povo e a imprensa em todo mundo têm sido aprisionados por Satanás! A mídia decide, noite após noite, aqueles a quem irão ser destacados em seus telejornais. O medo sempre foi uma tática de escravizar as pessoas, acuá-las e inibi-las, para que o domínio imperialista se consolide (Hebreus 2:15; 1 Pedro 3:12-14).

O medo do terrorismo, de pragas, de epidemias e de guerras, tem colocado o coração das populações no campo de batalha errado. “Haverá sinais no sol, na lua e nas estrelas; sobre a terra, angústia entre as nações em perplexidade por causa do bramido do mar e das ondas; haverá homens que desmaiarão de terror e pela expectativa das coisas que sobrevirão ao mundo; pois os poderes dos céus serão abalados” (Lucas 21:25, 26 – leia também os versículos 34 a 36). Quando as pessoas são expostas constantemente a notícias terríveis, que geram medo e terror, o sistema imunológico enfraquece e as pessoas ficam mais propícias a doenças e contaminações. Notícias corrompidas corrompem pessoas, por sua vez, notícias voltadas para o bem fortalecem as pessoas. “Como água fria para o sedento, tais são as boas-novas vindas de um país remoto” (Provérbios 25:25). O Evangelho são as Boas-Novas do Reino que o mundo precisa ouvir.

Atualmente a mídia está ocupada quase que inteiramente por forças malignas. Por nunca ter sido valorizada como um meio a ser usado para o Reino, tornou-se uma das principais ferramentas para o inimigo. A mídia se refere aos meios de comunicação que relatam e estabelecem as notícias. Ela pode criar as notícias, transformar uma história insignificante em algo de grande magnitude, como também fazer o reverso. Podemos incluir neste meio as estações de televisão e comunicações, internet, jornais, estações de rádio e revistas.

A Mídia tem o poder de despejar diariamente notícias favoráveis e de acordo com uma agenda maligna (anticristã e anticristo) cujo objetivo único é destruir a família e pavimentar o terreno para as pautas que serão inseridas pelos congressos. Através de suas novelas, matérias, programas de auditório, propõe diariamente novas palavras para dar novos significados a coisas, ataca valores e instituições e defende aqueles que lhe convém.

Muitos proprietários e funcionários dos meios de comunicação são liberais. Liberal refere-se ao liberalismo que busca a liberdade dos preceitos da ética e dos valores estabelecidos por Deus, revelados nas Escrituras.

Na mensagem “Violenta Proclamação” está registrado:

Tudo na América está se tornando autodestrutivo. Precisamos fazer algo contra este espírito de autodestruição que teve sua origem diretamente no coração de Satanás. os telejornais e os noticiários impressos são escritos por um espírito nascido de Satanás para destruir e amedrontar o povo produzir MEDO. Os jornais não são vendidos a não ser que apresentem uma boa dose da forma bizarra e grotesca com que Satanás apresenta os fatos. Ninguém fala sobre as coisas maravilhosas que têm acontecido no Reino de Deus. Não há interesse em divulgar que centenas de pessoas têm se libertado das drogas e deixado o pecado para viver para Deus. Satanás está tornando a América autodestrutiva. Precisamos nos levantar e clamar ao Senhor para que Ele crie ouvidos para ouvir a Palavra de Deus.

As Américas estão tão inundadas de propaganda que é difícil para um coração aberto encontrar a verdade. Nestes dias de engano, não se pode ter nenhuma confiança em jornais, revistas, rádio, televisão, etc.

Ao profetizarmos em nossas reuniões, devemos também declarar: “América, ouça a Palavra de Deus. América, ouça a Palavra de Deus!” Pode ser que não haja ninguém além de nós para ouvir a Palavra do Senhor, mas se profetizarmos, Deus enviará o Espírito Santo sobre as pessoas, e seus ouvidos começarão a se abrir para a Palavra. Será que isto irá funcionar como nos dias de Ezequiel, que profetizou vida aos ossos? Tem funcionado desde o início deste caminhar dos fins dos tempos”.

Comunicadores e Jornalistas são vistos como servidores de causa própria e manipuladores. Mas ainda assim, as mídias eletrônicas e impressa são cruciais no modelar da sociedade. Precisamos de cristãos para trazer a verdade para esta esfera da comunicação. Devemos comunicar as Boas Novas, a paz, coisas boas e a salvação. Mesmo notícias ruins, de desastres, acidentes, mortes e conflitos, devem ser veiculadas com parcialidade e espírito reto.

Esaú, com quarenta anos de idade, casou-se com Judite, filha de Beeri, heteu, e com Basemate, filha de Elom, também heteu. Diz o texto de Gênesis 26:34, 35, que ambas as noras hetéias se tornaram amargura de espírito para Isaque e para Rebeca. Ou seja, Esaú tomou estas duas esposas de povos pagãos para provocar a ira de seus pais. Esta atitude de filhos que vão contra as instruções e educação dos pais é bem antiga. Os meios de comunicação como: filmes, novelas, reportagens e outros têm estimulado este espírito de rebeldia dos filhos contra os seus pais.

A estratégia dos opositores de Neemias

O livro de Neemias descreve quatro estratégias que Sambalate, Tobias e Gersém utilizaram para intimidar e amedrontar Neemias, para que interrompesse a obra de reconstrução do Templo de Jerusalém.

a) Zombaria, escárnio e crítica: 4:1-3. Esta é a primeira investida do inimigo para lhe deter a fazer a obra do Senhor. Neemias rebateu com confiança e ordem ( 14). Lute pelo seu legado e por fazer a vontade do Senhor.

b) Distração: 6:1-4. O inimigo não cessa sua oposição, agora propõe um diálogo amigável, vem disfarçado, como um amigo, para distrair você do seu objetivo. Neemias não quis conversa. Sambalate e Gesém queria levar Neemias para o vale de Ono (força), o lugar da força do inimigo.

  • Não desça de sua posição em Cristo para lutar no vale do inimigo. Não saia da sua “frequência”, não entre em discussões tolas.
  • Não deixe a sua trincheira de adoração e autoridade em Cristo. Escolha o seu campo de batalha.
  • Não pare de fazer a obra para discutir com o inimigo. Você não tem que responder a todo mundo.
  • Diga NÃO, sem se sentir culpado.

c) Difamação e intimidação: 6:5-9. Carta aberta com “fake news” para atemorizar. Invenção de narrativas, boatos e mentiras contra você. Querendo desfazer a sua reputação diante da sociedade e do rei. A resposta de Neemias está nos versículos 8 e 9.

d) Infiltração. Subornaram o Sacerdote e alguns profetas para se infiltrar: 6:10-14. Semaías deixou-se subornar. Falsas profecias serão ditas contra você: 6:10-14.

Note que o inimigo é insistente: 3:12 (dez vezes); 6:4 (quatro vezes); 6:5 (quinta vez).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *