Identidade Transferência
4. ESCOLA PARA PROFETAS,  Ministérios

As Leis Espirituais da Identificação e da Transferência

Tudo o que somos e recebemos EM CRISTO opera por duas leis espirituais: Identificação e Transferência. Se você puder compreender estas duas leis e princípios espirituais poderá experienciar as verdades do Evangelho e entender muitas coisas que Deus faz e como Ele faz. As leis da identificação e transferência operam pela fé.

O ensinamento contido nesta lição desvenda para você rudimentos simples do Evangelho, de uma maneira que você nunca viu antes, e pode fazê-lo sentir-se mais agradecido ao Senhor do que já tenha sido antes.

Infelizmente, como seres humanos, os cristãos estão sempre vivendo suas vidas individualmente, ao invés de vivê-las no Senhor. Jesus disse: “Se permanecerdes em mim e as minhas palavras permanecerem em vós, pedireis o que quiserdes, e vos será feito.” (João 15:7). Não podemos caminhar com Deus baseados na nossa própria capacidade ou mérito. Devemos nos mover no Senhor. Devemos ser fortes no Senhor e na força do Seu poder.

Certamente, se puder compreender os princípios bíblicos da identificação e da transferência, você poderá compreender muitas coisas que Deus faz e como Ele faz. Você está diante de Deus, em Cristo, porque isso lhe foi impartido através da identificação. Você permanece no nome d’Ele e não no seu próprio. É da justiça d’Ele que você se reveste e não da sua própria justiça. Você não tem autoridade ou poder suficiente nem mesmo para atravessar a rua, mas o Senhor tem essa autoridade.

Identifique-se com o Corpo de Cristo:

“Ora, vós sois corpo de Cristo; e, individualmente, membros desse corpo” 1 Coríntios 12:27. Como um membro do Seu Corpo, você se identifica COM Ele. Você pode ser uma das mãos d’Ele, pés, ou parte da Sua boca. Se você se identifica com Cristo como um membro do Seu Corpo, você não pode ser pobre ou desamparado. Por acaso você já viu um corpo com uma cabeça rica e pés pobres? Não fique por aí pensando que você é fraco. Você pode fazer todas as coisas através do Cristo que lhe fortalece. (Filipenses 4:13) “Tudo posso naquele que me fortalece”. Esqueça as suas fraquezas.

Identifique-se com a força d’Ele. Você não pode fazer isso através da sua própria força de vontade. “Porque Deus é quem efetua em vós tanto o querer como o realizar, segundo a sua boa vontade” (Filipenses 2:13). Você não pode nem mesmo ter uma vontade estável ou querer firmemente algo a não ser que Deus opere o querer em você. Você tem que se identificar com Ele; e prontamente, porque você deseja querê-Lo, Ele o abençoa. Você deseja servi-Lo porque Ele opera em você o querer servi-Lo. Quando você se identifica com Ele, o processo de transferência se inicia.

É pela identificação que somos livres do pecado

Nós somos livres do pecado quando nos identificamos, pela fé, COM CRISTO em Sua morte e ressurreição. Este é o fundamento do ensino de Paulo em Romanos 6:1-14. “Ou, porventura, ignorais que todos nós que fomos batizados em Cristo Jesus fomos batizados na sua morte? Fomos, pois, sepultados COM ELE na morte pelo batismo, para que, como Cristo foi ressuscitado dentre os mortos pela glória do Pai, assim também andemos nós em novidade de vida. Porque, se fomos UNIDOS COM ELE na semelhança da sua morte, certamente, o seremos também na semelhança da sua ressurreição, sabendo isto: que foi crucificado COM ele o nosso velho homem, para que o corpo do pecado seja destruído, e não sirvamos o pecado como escravos…” (vss. 3-6).

Cristo Jesus nos transfere, pela graça, a Sua justiça

Ou seja, tudo o que diz respeito à sua salvação depende da transferência da justiça de Jesus para você. “…cada um se desviava pelo caminho, mas o Senhor fez cair sobre ele a iniquidade de nós todos” (Isaías 53:6b). “Pois conheceis a graça de nosso Senhor Jesus Cristo, que, sendo rico, se fez pobre por amor de vós, para que pela sua pobreza vos tornásseis ricos” (2 Coríntios 8:9).

Assim como Adão transferiu para toda a humanidade o pecado, Cristo, o último Adão, nos transfere a Sua justiça: “Todavia, não é assim o dom gratuito como a ofensa; porque, se, pela ofensa de um só, morreram muitos, muito mais a graça de Deus e o dom pela graça de um só homem, Jesus Cristo, foram abundantes sobre muitos… Se, pela ofensa de um e por meio de um só, reinou a morte, muito mais os que recebem a abundância da graça e o dom da justiça reinarão em vida por meio de um só, a saber, Jesus Cristo” (Romanos 5:15, 17).

Ou seja, você tem o poder de escolher entre identificar-se com Cristo ou com Adão. Seu corpo é uma expressão da criação adâmica e, por isso, é mortal. Paulo disse: “Sabemos que, se a nossa casa terrestre deste tabernáculo se desfizer, temos da parte de Deus um edifício, casa não feita por mãos, eterna, nos céus. E, por isso, neste tabernáculo gememos, aspirando por sermos revestidos da nossa habitação celestial; se, todavia, formos encontrados vestidos e não nus. Pois, na verdade, nós os que estamos neste tabernáculo gememos angustiados, não por querermos ser despidos, mas revestidos, para que o mortal seja absorvido pela vida” (2 Coríntios 5:1-4). Seremos um ser triuno – espírito, alma e corpo – íntegro e irrepreensível (1 Tessalonicenses 5:23).

Deus pode lhe transferir Seus atributos

Certamente Deus pode transferir para você, um simples mortal que era dominado pelo pecado e condenado à morte, a Sua justiça e a Sua natureza eterna. Ele pode criar estes atributos em você, transferindo-os d’Ele para você. Se você crê na salvação, creia também que os homens de Deus e Seus ministros são capazes de lhe impor as mãos e transferir a plenitude e a provisão do Espírito Santo para você. Creia como Paulo ao escrever: “logo, já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim” (Gálatas 2:20ª). Nesse processo, a identificação é responsabilidade sua. A transferência é responsabilidade de Deus. Quando você se identifica em sua mente e espírito, pela fé, com a provisão, força e poder d’Ele, a transferência começa a acontecer.

A lei da transferência também opera negativamente

Você já observou como a transferência opera quando você fica perto de uma pessoa deprimida? Após ficar com aquela pessoa por um tempo, é você que não se sente bem. É por isso que as pessoas gostam de ter alguém com quem conversar. Elas começam a, inconscientemente, descarregar (transferir) seus problemas sobre você. É por isso que elas gostam de conversar com você mesmo que você não diga uma só palavra. No fim da conversa, elas saem leves e felizes e você sai cambaleando. As pessoas usam o princípio da transferência todo dia.

Lembre-se do que Jesus disse: “O espírito é o que vivifica; a carne para nada aproveita; as palavras que eu vos tenho dito, são espírito e são vida.” (João 6:63). Se Satanás puder fazer com que você abra sua boca e fale desencorajamento e incredulidade, você estará espalhando e ministrando morte. “A morte e a vida estão no poder da língua” (Provérbios 18:21a). Nunca se esqueça de que o que você diz é muito importante. Cuidado com o que você fala. Lembre-se de todas as instruções que a Palavra traz sobre como você deve falar. Você pode estar ministrando morte por ser um mal humorado, reclamando de tudo e constantemente expressando desencorajamento. Sempre fale palavras de graça e edificação (Lucas 4:22).

Cuidado com o que você transfere às crianças

Crianças cujas mães as hostilizam estão sempre doentes, pois as mães estão ministrando doença e morte através de suas bocas. Ao disciplinar os filhos, os pais devem entender o elemento de transferência envolvido na disciplina, ao invés de tentarem agir através da dor. A disciplina é mais eficaz quando você aborda uma criança quando ela está sentindo remorso – que é um tipo de arrependimento – e enquanto o espírito dela está aberto. Nunca puna uma criança com raiva ou porque os seus nervos estão desgastados.

Se você bate em uma criança com raiva, você dá vazão e transfere a ela todo o seu sentimento de raiva e o seu espírito errado. Ao invés de fazer isso, transfira à criança objetivos positivos. Enquanto você a repreende e educa, fale com ela enfaticamente com um espírito perfeito: “Você vai caminhar com Deus ! Você vai querer ser honesto! Sempre dirá a verdade! Você vai amar orar! Deus vai lhe abençoar!”

A transferência opera através da autosugestão

No nível da alma a transferência opera através do poder da sugestão. O mundo usa isso. Sabemos que uma pessoa sob hipnose pode ser grandemente influenciada por aquilo que as pessoas dizem a ela. A hipnoterapia é aceita como um tratamento médico. Contudo, como um cristão, você não deve permitir que uma pessoa tenha controle sobre qualquer área de sua vida.

Um psicólogo que usa a técnica da hipnose trabalha com coisas na sua vida sobre as quais você não tem controle consciente ou sobre coisas das quais você talvez nem se lembre. Se você quer tratar com sua alma, é melhor usar a autosugestão. Tenha um período de meditação no Senhor e repita para você mesmo o que você quer até que aquilo atinja as profundezas da consciência da sua alma. Não se coloque nas mãos de um homem que talvez nem seja um filho de Deus e que possa transferir para você coisas muito prejudiciais. Nesse caso, o poder da transferência não seria bom.

A transferência opera na ministração da Palavra

Quando um ministro de Deus recebe uma palavra do Senhor ele tenta transferir aquela palavra para o povo. A Palavra não deve ser pesada ou debatida. Ela deve criar um impacto e incomodar tanto as pessoas que mesmo que elas conscientemente a rejeitem, elas não conseguirão esquecê-la ou tirá-la de seus corações. O espírito das pessoas que ouvirem a Palavra irá responder àquela Palavra várias vezes. É este o objetivo de Deus quando Ele fala uma Palavra através de um canal humano.

Uma chave para os que ensinam a Palavra:

Um verdadeiro ministério espiritual tem sido dado ao povo de Deus para que se tornem epístolas vivas, lidas e conhecidas por todos os homens (2 Coríntios 3:2). Como Ele faz isso? Ele escreve a Palavra no coração das pessoas, não com tinta, mas através do Espírito do Deus vivo. Isso também é transferência: uma Palavra Viva é transferida para o coração dos homens. No momento em que o espírito de um homem testemunha e recebe a Palavra, ele recebe mais do que uma ideia. Há uma impartição através do princípio da transferência. Jesus disse aos seus discípulos: Vós já estais limpos, pela palavra que vós tenho falado (João 15:3). “Enviou-lhes a Sua palavra e os sarou, e os livrou do que lhes era mortal” (Salmos 107:20a). A Palavra pode realizar coisas tremendas.

Entenda a orientação de Paulo aos presbíteros:

Paulo escreveu aos tessalônicos: “Outra razão ainda temos nós para incessantemente dar graças a Deus: é que, tendo vós recebido a palavra que de nós ouvistes, que é de Deus, acolhestes não como palavra de homens, e, sim, como, em verdade é, a palavra de Deus, a qual, com efeito, está operando eficazmente em vós, os que credes” (1 Tessalonicenses 2:13).

Especialmente nesses dias, quando uma pessoa rejeita uma palavra de Deus, isso se torna um julgamento para ela. Jesus disse: “Eu não julgo os homens”. Que frase estupenda. O Pai não havia colocado o julgamento nas mãos de Jesus? Mas Jesus explicou: “Eu simplesmente trago uma Palavra e qualquer que a rejeita é julgado. Minha Palavra julgará os homens no último dia” (João 12:47, 48).

Tudo o que vier para julgar a Terra, virá através de uma palavra de Deus. A Palavra será falada e, se não for recebida, haverá julgamento. Se a Palavra for recebida, ela criará vida naqueles que a receberem. Ninguém decidirá arbitrariamente que homens deverão viver ou morrer. Isto não compete a nós. Como Cristo fez, falaremos a Palavra do Senhor, pois Ele ordenou que a Palavra de Jesus será o meio através do qual Ele julgará o mundo.      

Satanás também trabalha através da transferência          

Satanás também trabalha através da transferência. Ele tenta incitar certas coisas através das emoções das pessoas, usando a fé negativa que é o medo. Se você tem medo do homem, isso significa que em seu coração, você acredita que aquele homem pode lhe fazer mal. Se você teme sua fraqueza, isso significa que você realmente crê que aquela fraqueza terá expressão e que você fará a coisa errada. Medo é fé negativa. Nós lemos nas Escrituras: “Aquilo que temo me sobrevém” (Jó 3:25a).

E, visto como os filhos participam da carne e do sangue, também ele participou das mesmas coisas, para que, pela morte, aniquilasse o que tinha o império da morte, isto é, o diabo, e livrasse todos os que, com medo da morte, estavam por toda a vida sujeitos à servidão” (Hebreus 2:14). Satanás age transferindo medo em todas as áreas, sempre que ele pode. Se ele puder levar você a trocar a fé nas promessas de Deus pelo medo e a dúvida, a fé negativa operará e ele derrotará você (Judas 22 e Tiago 1:5-8). Mas se você crê em Deus e permanece firme nas Suas promessas, haverá uma transferência de Deus para você. Aquilo em que você acreditar, seja negativo ou positivo, operará em sua vida. “Sujeitai-vos, portanto, a Deus; mas resisti ao diabo, e ele fugirá de vós” (Tiago 4:7).

A bruxaria opera através do princípio da transferência

A bruxaria opera através do princípio da transferência. Em alguns países, as pessoas morrem por causa da bruxaria, porque elas acreditam nela. Elas a temem. Existe mais bruxaria e poderes demoníacos operando em nosso país agora do que há algum tempo atrás. Até pouco tempo as pessoas zombavam da bruxaria. Uma pessoa amaldiçoada na bruxaria sentirá apenas uma leve dor de cabeça ou uma pequena opressão se ela não temer e não acreditar naquela maldição.

As pessoas que acreditam na doença estão sempre doentes. O cristão deve crer na vida e não na morte. O salmista escreveu: “Eu creio que verei a bondade do Senhor na terra dos viventes”(Salmos 27:13). Não creia na maldade, creia nas coisas boas. Não creia em maldição, creia em bênçãos. As maldades existem, mas elas não têm força nenhuma a não ser que você creia nelas. As maldições só podem operar se você crer nelas.

Cristo derrotou Satanás para você

Cristo derrotou Satanás para você. Portanto, a sua vitória não é uma questão de quanta força você possa ter. É uma questão de apropriação. A sua identificação com o Senhor desencadeia o princípio da transferência e libera a bênção. Você é forte no Senhor e na força do Seu poder. Você lutará contra principados e potestades, mas fará isso na força do Seu poder. Se não for assim e se Satanás enganar você, você será derrotado. Satanás só pode usurpar o poder que você dá a ele, porque ele não tem mais poder. Jesus tirou o poder dele!

As únicas manifestações de Satanás no mundo ocorrem naquelas áreas nas quais as pessoas permitiram que ele usurpasse: “Toda autoridade no céu e na terra pertence a Jesus”(Mateus 28:18). Quando você expulsa um demônio, você está dizendo: “O julgamento de Deus já está sobre você; você é derrotado. Vá para o abismo, no nome de Jesus.” Levante-se na vitória do Senhor. Isso é tudo o que você tem para fazer. Não seja relutante em se apropriar dessa vitória.     

Cristo imparte crescimento para você:       

Você pode se regozijar por estar crescendo espiritualmente, mas lembre-se que você não realizou nem sequer uma mínima parte desse crescimento. Ele foi transferido a você em Cristo, pelo Espírito Santo. Deus imputou isso a você. Ele lhe impartiu o crescimento e você cresceu ao receber Sua vida e exercitou-se nela. Exercitar-se é algo natural na vida. Observe um bebê. Desde o momento em que nasce ele começa a espernear e a se mover. A mãe tem que se levantar durante a noite para verificar se ele não chutou os cobertores. Ninguém diz ao bebê que ele tem que se exercitar. Exercitar-se é algo natural para ele. No minuto em que o bebê vem à luz, ele começa a se mover.

Isso ilustra o que o cristão está fazendo quando profetiza e canta Salmos nas reuniões de adoração. A participação não está limitada apenas àqueles que são sempre eficientes espiritualmente, porque todos têm que se mover. A vida se desenvolve através do movimento. À medida que nos identificamos com Cristo, há uma transferência de vida e nós nos mantemos em movimento. Continuamos falando a Palavra e profetizando uns para os outros. Como povo de Deus, estamos nos tornando fortes no Senhor e na força do Seu poder.   

Você pode baixar o arquivo PDF desta mensagem, caso queira imprimi-la e/ou compartilhar com seus contatos.

Leia mais sobre o assunto, clicando AQUI!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *